Por que os materiais de Scrapbooking são tão caros?

preço alto

Por que os materiais de Scrapbooking são tão caros?

O Scrapbooking é um artesanato muito gostoso de fazer. Quem pratica esta arte sabe o quanto o prazer de decorar as páginas para as nossas fotografias nos preenche e nos inunda de inigualável satisfação. Entretanto, é um hobby e, como todo hobby, demanda investimento. Acontece que os materiais livres de ácido são específicos e, por isso, muuuuito mais caros.

lojinha

Foto retirada do site www.panopramangas.com.br

Quando entro numa loja de Scrap, normalmente eu quase infarto. Primeiro, pela variedade de coisas fofas e delicadas que enchem meus olhos: papeis belíssimos, fitinhas mimosas, adesivos criativos, ferramentas mil, etc, etc, etc… Tudo parece ficar gritando meu nome, implorando-me para levá-los para casa (a minha casa, no caso…rs). Eu tenho verdadeira síncope! Meu desejo consumista vai de 0 a 100 em segundos! E eu só não me sucumbo a essa irresistível tentação porque, óbvio, não tenho dinheiro suficientemente proporcional à minha vontade insana de comprar. Segundo, tudo é realmente muito caro. Claro que a qualidade e a beleza dos materiais são inquestionáveis. Porém, mesmo assim, penso que poderiam custar menos.

Afirmo isso com base nos preços dos materiais fora do Brasil. Há no Canadá, nos Estados Unidos, na Inglaterra, entre outros países, lojas que vendem tudo infinitamente mais barato (como em lojas de R$ 1,99 aqui) e com a mesma qualidade.

Sei que, aqui no Brasil, os empresários do ramo importam muitos produtos e, para tal, pagam impostos bastante elevados. As altas taxas de importação fazem o preço final ficar exorbitante. Mas o que dizer dos fabricantes nacionais? Tudo, é evidente, implica grandes gastos: materiais para a confecção dos produtos, mão de obra especializada, altos impostos. Argumentos justificáveis para preços acima da média. Mas bem que poderiam tornar mais acessível a aquisição pelas pessoas, por mais pessoas. Afinal, esta facilidade geraria mais procura, logo, mais produção e mais lucro. Assim, o preço final seria certamente menor.

Uma saída para nós, pobres Scrappers que sonham em comprar o mundo, é usar materiais alternativos. Eu sou super a favor. Há uma infinidade de opções que tornam os trabalhos muito charmosos também. Outra atitude válida é sempre reaproveitar as sobras. Xô, desperdício! Uma dica importante: nunca comprar por impulso, sem saber exatamente quando e como vai usar aquele item. Se nós nos deixarmos levar pelo encantamento dos materiais, sempre iremos querer comprar tudo, mais e mais. É natural ter este deslumbramento quando se entra nas lojas. Estranho seria se ficássemos indiferentes a tanta coisinha linda. No entanto, manter os pés no chão e o foco em projetos planejados nos ajuda a comprar o que precisamos ou o que gostamos com prudência e sabedoria.

Você concorda?

by Iva

BOM PARA POR NO SITE

Animation17_Barrinha_Flores2

 

Envie seu comentário