Como se inspirar para fazer trabalhos cada vez mais criativos

criatividadeC

Como se inspirar para fazer trabalhos cada vez mais criativos

CriatividadeE

Sabe aqueles dias em que o cérebro dá um nó e parece que toda a criatividade nos abandona e ficamos sem inspiração até para fritar um ovo? Então… Infelizmente, acontece comigo, com você e com todo mundo. Nem sempre produzimos como os gênios que nossas mães pensam que somos. Precisamos, portanto, parar, rearranjar as estruturas, organizar o ambiente, manter a calma e relaxar para, assim, a imaginação fluir e nossa mente poder produzir novas conexões e ideias criativas.

Mas engana-se quem pensa que se tornar criativo ou intensificar a criatividade é uma tarefa fácil. Não, não é. O cérebro precisa de estímulos para que aconteça o famoso “click”, a grande ideia.

criatividadeG

Quando se trabalha com artesanato, tem-se a falsa noção de que, por ser Arte, nossa veia artística e criativa está em funcionamento 100% do tempo. Infelizmente nem sempre é assim.

Então… O que fazer quando não estivermos inspirados? Bem, não sou especialista em conselhos, mas darei algumas dicas preciosas que emprego para meu próprio benefício e, acredite, elas funcionam! Às vezes, sinto-me um furacão de ideias (fico me perguntando como a Nasa ainda não me descobriu…rs), mas em outras ocasiões minha caixola fica com preguiça de pensar, de criar. A vida é assim – cérebros altamente pensantes também sofrem curtos em seus circuitos…hehehe. Quando essas panes me atingem, procuro seguir estas regras e isto tem me ajudado bastante. Portanto, para você exercitar seu lado criativo, faça o seguinte:

Estude ao máximo sobre o assunto

Quanto mais você souber, mais ideias terá. Conhecimento é primordial e nunca, nunca mesmo é o bastante. Leia, leia, leia! E quando se cansar, leia mais um pouquinho. Busque livros, revistas, artigos, sites. Assista a vídeos e tutoriais. Aprenda técnicas novas, conheça conceitos diferentes. Sempre haverá um saber original, uma visão inovadora, um conhecimento a mais sobre aquilo que você acha que domina.

Viva por inteiro, não pela metade. Dedique-se

Entregue-se com paixão à arte, ao trabalho, ao Scrap. Tudo o que for fazer, faça-o bem feito, não importa o quanto isto lhe custe. A sua arte e o seu trabalho serão seu cartão de visitas, logo, quanto mais bem feito, melhor. Seja primoroso(a) sempre. Trabalhos bem feitos e caprichados são totalmente inspiradores tanto para quem confecciona quanto para quem aprecia!

Tenha seu cantinho de produção

Ainda que você não tenha um espaço só seu em sua casa, escolha um cantinho para por suas coisas e trabalhar com tranquilidade. Nem todo mundo tem espaços grandes, galpão ou um quarto só para produzir. Mas ainda assim, é possível escolher um cantinho de sua casa para fazer seus trabalhos, guardar as suas coisas. Ter seu espaço, mesmo que limitado, favorecerá sua mente a criar sem preocupações. Nada mais desgastante do que ter que fazer scrap correndo para juntar a bagunça e retirar tudo do lugar para liberar a mesa para outras pessoas ou outras finalidades. Então, demarque sua área de trabalho.

Seja sempre organizado(a)

A organização é fundamental. Quando tudo está em seu devido lugar,  há uma maior produtividade, uma vez que se reduz consideravelmente o tempo gasto procurando por objetos. Só fica no ambiente o que for necessário e ao alcance da mão. Além disso, é possível saber exatamente o que se tem de material, especialmente se você padronizar a ordem com que guarda suas coisas. O resultado disso é que você se esforça menos e se torna mais eficiente, porque tem controle de tudo, consegue executar as coisas, não desperdiça tempo. Então, a inspiração flui, já que o ambiente está leve e organizado.

Ouça músicas enquanto trabalha

Todo mundo tem uma trilha sonora na vida. Tem coisa melhor do que trabalhar ouvindo suas músicas prediletas? Acalma, relaxa e nos faz viajar por emoções gostosas que a melodia desperta. A música traz bem-estar, isto é fato comprovado cientificamente. E o bem-estar favorece a inspiração. Você pode ter um aparelho de som, um rádio ou tocador de Mp3, por exemplo. A forma como irá ouvir suas músicas não importa. O importante é ser embalado(a) pelas melodias que lhe façam sentir bem. Sua capacidade criadora vai ser, com certeza, estimulada.

Afaste os sentimentos negativos

Quando estamos mal-humorados, estressados, depressivos ou preocupados, certamente não estamos aptos a dar o melhor de nós, a produzir com brilhantismo. Os pensamentos e sentimentos ruins podam nossa criatividade de forma abrupta, porque nos consomem negativamente e tiram o nosso foco. Há uma frase muito sábia, de autor desconhecido, da qual eu gosto muito: “Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, então não esquente a cabeça, porque não tem solução”, logo, liberte-se do que lhe puxa pra baixo, respire e se entregue ao prazer de criar, alimentando apenas pensamentos bons. A energia positiva vai lhe ajudar a pensar com clareza e a descobrir coisa novas. Aposte nisto!

Diversifique a sua vida

Conheça novas artes (Desenho, Pintura, Bordado, Costura, Patwork, Biscuit…), aprenda a tocar um instrumento musical, dance, faça palavras-cruzadas, jogue baralho, xadrez, saia com amigos que lhe façam rir, brinque com as crianças sem pressa, dê atenção ao seu bicho de estimação, leia livros interessantes, faça uma atividade física, vá ao cinema e/ou ao teatro… enfim, viva intensamente o lado gostoso da vida, o que lhe dá prazer. Tenha hobbies, permita-se se divertir. Quanto mais atividades prazerosas e diversificadas nossa vida tiver, mais seremos condicionados a sair da mesmice, a pensar com grandeza, a produzir com criatividade.

Revele suas fotos

Não deixe suas fotos perdidas no escuro mundo do pen-drive, do HD ou dos arquivos do computador. Revele-as. Dê-lhes vida no papel. As fotos reveladas vão lhe fazer reviver as emoções daquele momento que você um dia fez questão de congelar. E se isto aconteceu é porque aquele instante lhe foi importante. Então, por que deixá-lo esquecido junto a tantos outros no computador? As fotos impressas lhe darão novas ideias de álbum, de mini-álbuns, de páginas, de temáticas, de design, de novos projetos.

Escreva suas histórias, registre suas memórias

Quando escrevemos o que nos acontece, o que nos emociona, o que nos toca, passamos a registrar nossa vida, o que nos é importante. Isto favorece o auto-conhecimento. Reler tempos depois aquele pedacinho de passado pode mexer com nossas emoções de forma altamente estimulante. Você percebe seu amadurecimento nas suas atitudes e experiências vividas. Este tipo de crescimento pessoal pode lhe ajudar a ver o mundo sob novas perspectivas.

Não tenha medo de errar, arrisque-se!

Seja ousado(a), saia da sua zona de conforto. Arrisque-se! O medo de errar sempre nos inibe a fazer novas descobertas. Supere-o. O receio de não acertar bloqueia nossa capacidade criativa. Em se tratando de Scrapbooking, não há certo ou errado. Há o seu estilo, a sua arte. Pronto! Quer mais liberdade que isto para dar asas à sua imaginação? Ouça o seu jeito, respeite suas vontades. Se deu na telha fazer combinações multi coloridas e ficou bonito para você, então ficou bonito e pronto, não importa o que os outros vão pensar. É arriscando que você vai se encontrar e vai ser feliz.

Pratique sempre

O aperfeiçoamento de qualquer ação só se conquista com muita prática. Não há milagres. Quanto mais você fizer, maior domínio terá e mais facilmente vai conquistar o primor. Então faça muuuuitas páginas, monte um cardápio de possibilidades e de temas: infância, adolescência, relacionamento amoroso, casamento, nascimentos dos filhos, festas em família, formaturas, encontros com amigos, viagens, conquistas… Todas as fotos destas ocasiões merecem estar em lindos layouts. É ou não é? Mil motivos você tem, então, para praticar.

Reaproveite e reinvente seu material

Use com sabedoria seus materiais. Reaproveite ao máximo todas as sobras. Crie seus adesivos, faça suas flores, dê novos destinos aos retalhos. Teste suas ferramentas, brinque com os carimbos, invente seus próprios tags. Quanto mais você exercitar sua criatividade, mais ideias vão surgir e você verá que tem no seu cantinho um mundo de possibilidades.  E este universo de descobertas lhe injetará orgulho do seu próprio potencial. E, como numa cadeia de fatos, o orgulho lhe dará motivação que, por sua vez, gerará mais estímulos para criar.

Enfim… Cuide do seu gênio criador! Você verá que ele pode fazer coisas incríveis!

Já que meu post foi uma reunião de conselhos, então finalizo com mais estes para, além de criativo(a), você também levar uma vida mais leve e feliz:

viver bem

by Iva

Animation17_Barrinha_Flores2

6 comentários

  1. Postado por Neta, em Responder

    Fiquei encantada com o site e as suas maravilhosas dicas. Estou iniciando nessa arte de scrapbook e acho que virei literalmente uma scrapmaniaca pois me encaixo muito bem no perfil esqueço da vida, de comer, de beber, ir ao banheiro e etc até de dormir já quis levantar a noite pra escrever minhas ideias pode acho que o meu cérebro não entendi q tenho q dormir. Já acordo pensando nos meus papeis. Me divirto muito com essa arte e acredito que eu posso ir mais além. Com fé no meu Deus sempre peço a ele criatividade.
    Que Deus lhe abençoe, um forte abraço aqui de Manaus.

    • Postado por admin, em Responder

      Que recadinho lindo, querida!
      Somos idênticas na paixão pelo Scrapbooking, então! Também já fiquei sem sono à noite por causa das mil ideias povoando minha mente inquieta. Essa arte é uma delícia mesmo e nos preenche bastante!
      Obrigada pelo prestígio de sua visita ao site. Aproveite o quanto quiser!
      Volte sempre!
      Um forte abraço!

  2. Postado por Maria Dalgiza Cabral, em Responder

    10 pra você, super legal seus comentários!

    • Postado por admin, em Responder

      Que bom que gostou, Giza!
      Aproveite bastante!
      Esse meu cantinho foi feito para gente como vc!
      Abraços

  3. Postado por Teresa, em Responder

    Nossa! Vou dormir mais leve! Obrigada! Vc é demais!

    • Postado por admin, em Responder

      Sinto-me feliz por tê-la inspirado.

Envie seu comentário