Cartão – uma forma diferente e charmosa de fazer Scrap

1

Cartão – uma forma diferente e charmosa de fazer Scrap

IMG_5193

Comecei a fazer cartão brincando. Grande parte das vezes em que eu presenteava as pessoas queridas e tinha um tempinho de sobra, eu mesma produzia o cartão para acompanhar a lembrancinha. Acho os cartões artesanais muito mais marcantes e infinitamente mais charmosos que os produzidos em grande escala nas gráficas. Para mim, o cartão feito a mão agrega valor ao presente e o torna especial.

Por causa disso, comecei a receber encomendas de amigas para que fizesse cartões personalizados, o que foi um grande desafio para mim, especialmente porque cada encomenda pedia um novo design, um formato inusitado e ao mesmo tempo gracioso.

Claro que eu não contei apenas com a minha vontade em fazer, passei também a comprar revistas especializadas no assunto para que eu pudesse aprender mais sobre este universo e assim ter conhecimento, conhecer tendências, material, técnicas, forma de produzir e, evidente, me inspirar.  É impressionante como há pessoas extremamente talentosas na arte de produzir cartões magníficos e encantadores!

Os cartões são, para mim, um mini estágio para quem quer fazer scrap – você pode criar à vontade, num espaço bem menor e gastando pouco material. O tempo gasto para fazer um cartão é relativamente menor que a produção de um layout.

Não estou aqui dizendo que produzir cartão é melhor que fazer páginas de scrap. Claro que não! Não se trata disso, afinal são artes distintas e com finalidades diferentes. Eu sou completamente apaixonada pela produção de álbuns de scrap. Jamais preteriria um em favor do outro. Eu gosto mesmo é de somar esses dois prazeres!

Na verdade, o que me fascina no cartão artesanal é a possibilidade de poder criar em espaços menores, porque isto me força ainda mais a ser criativa. O cartão, assim como uma pagina de scrap, vai mandar uma mensagem e, como tal, deve conter toda a ternura que se quer transmitir. E o melhor de tudo: podem-se criar designs incríveis.

Eu misturo tanto esses prazeres de confeccionar tanto cartões quanto álbuns de scrap que, vejam só, passei a inserir (dependendo do objetivo e do destinatário) fotos nos cartões que produzo. Ou seja, para mim, os cartões artesanais são uma extensão do scrapbooking.

2

Cartão que fiz para o meu papai.

Outra coisa fascinante é o grande leque de criação. Os temas são diversos – cartão para o dia das mães, dos pais, das crianças, dos namorados, para chá de bebês, para casamento, para os amigos. Há ainda cartões para felicitações, agradecimentos, desculpas, despedidas, comemorações diversas, enfim. E dentro de cada tema há várias formas de criação, várias possibilidades. Para mim, um mundo de encanto!

Há gente tão fascinada por cartão que faz coleção de cartões antigos. Acho bárbaro! Os cartões de antigamente eram muito belos e graciosos, especialmente porque não havia tanta tecnologia, tantos arranjos e possibilidades. O que havia de sobra era apenas arte, beleza e poesia.

Quando vejo um cartão diferente, analiso-o minuciosamente para saber se consigo fazer igual. Tentar reproduzir um modelo criativo é uma forma de aprender novas técnicas e melhorar ainda mais o desempenho. No entanto, nada se compara ao prazer de criar meu próprio estilo.

E você, aprecia também cartões artesanais? Já ganhou algum inesquecível? Conte-me sua opinião sobre esta forma tão bonita de enviar ternura.

cartão antigo - retirado do site 7 das Artes

Cartão antigo – imagem retirada do blog super fofo “7 das Artes”.

by Iva

Animation17_Barrinha_Flores2

1 comentário

  1. Postado por Cecília Duvale, em Responder

    Para voce luz etrna .passou por mim também. Tenha uma Ótima noite

Envie seu comentário