Abertura da novela EM FAMÍLIA – Adivinha o que me chamou a atenção: AS FOTOGRAFIAS, of course!

EM FAMÍLIA NOVELA2

Abertura da novela EM FAMÍLIA – Adivinha o que me chamou a atenção: AS FOTOGRAFIAS, of course!

abertura

Gente, se tem uma coisa em televisão que me fascina são as aberturas das novelas. Desde pequena, sempre admirei aberturas criativas. Ao longo dos anos, eu vibrava quando começava uma nova novela só pra ver que abertura ela teria. Eu gostava de comparar a temática da novela e o título com o trabalho artístico da abertura, enfim, o conjunto como um todo.

E o grande herói das criações para mim sempre foi o Hans Donner (clique aqui para conhecer um pouco mais sobre ele), um designer austríaco que nasceu na Alemanha, mas se naturalizou no Brasil. Não, você não leu errado. É isso mesmo. Ele tem uma mistura de nacionalidades.  Dentre os seus trabalhos mais conhecidos, além das aberturas de muitas novelas globais, está a criação do logotipo da Rede Globo. Eu babei nas aberturas – criadas por ele – de muitas novelas como Roque Santeiro, Vale Tudo, Selva de Pedra, Tieta, Deus nos Acuda, Rainha da Sucata, A Próxima Vítima, Anjo Mau. Ele também criou uma das aberturas do Fantástico (em 1987) – em que o cenário representava os quatro elementos da natureza: ar, terra, água e fogo – e os primeiros habitantes da Terra eram interpretados por bailarinos. O fundo musical era incrível! Para mim, foi uma das aberturas mais criativas que o programa teve. O cara é um gênio na criatividade!

Justamente por eu admirar tanto este trabalho de arte, de design gráfico e computadorizado, decepcionei-me com a abertura da novela EM FAMÍLIA.  Segundo minhas pesquisas, o Hans Donner não fez parte da equipe de criação (minha decepção já começou por aí). Mas independente disso, acho que faltou criatividade no planejamento, no processo. Não sou crítica de aberturas e nem pretendo ser, muito menos especialista no assunto. Sou apenas uma telespectadora que aprecia as aberturas de novelas. Entretanto, vou explicar os meus argumentos para justificar minha decepção.

Para começo de conversa, clique em cima da imagem (que lhe direcionará ao portal da Rede Globo) para você (re)ver o vídeo da abertura a qual menciono:

EM FAMÍLIA NOVELA2

Falando da citada novela em si, a ideia de pendurar as fotos em árvores não é original. Na verdade, os criadores da abertura se inspiraram num vídeo norte-americano que usa a ideia de pendurar fotos de família em uma bela e frondosa árvore. Clique aqui para ver o vídeo original.

Segundo o portal da Rede Globo, os criadores da abertura da novela em questão reconhecem que se inspiraram sim em fontes externas, no entanto, por meio desta re-criação quiseram reforçar os laços entre as relações familiares através das fotos penduradas com sutis fios de ouro na bela árvore solitária num vasto campo verde. É inegável que a voz suave de Ana Carolina cantando o belíssimo clássico de Tom Jobim e Vinícius de Morais, “Eu Sei Que Vou Te Amar”, enquanto as fotos dançam penduradas na árvore, realmente dá um ar nostálgico e romântico. Mas… sei lá… faltou inovação, criatividade. Para mim faltou a genialidade de um Hans Donner…rs!

Agora, cá pra nós, o que me incomodou de verdade foi ver, ao final, as fotos se desprendendo da árvore e voando… simplesmente sendo levadas pelo vento! Como assim??? Alguém me explica? Para onde estariam indo as coitadinhas? Estariam indo ao leu? Com que propósito? Qual a relação disso com o resto? Que dó, que dó, que dó!!!! Muita judiação com as pobres fotinhas! Nem para os designers gráficos fazerem mágica e elas caírem lindamente nas páginas de um belo álbum de scrap! Pro-tes-to!

Luto por um mundo em que nenhuma fotografia fique solitária na gaveta ou se perca no tempo e no vento… SCRAPBOOKING, JÁ!

by Iva

FOTOGRAFIA FRASES

Animation17_Barrinha_Flores2

 

Envie seu comentário